terça-feira, janeiro 27

Imaginem só quantas é que o "lampião" vai vender...

Diz aqui nesta página que:

"Manuel Mota decidiu penálti por falta de Eliseu
INDICAÇÃO FOI DADA PELO QUARTO ÁRBITRO"

Não me custa absolutamente nada a acreditar nisto, pois o futebol português é aquele onde um fiscal de linha é "crucificado" durante uma semana por ter uma boa decisão apesar de estar mal colocado, e será sem qualquer surpresa que um penalty bem assinalado perto do minuto 90 por um 4º árbitro deve dar direito a que o tratem como herói. É uma questão de cor das camisolas e se essa decisão é a favor ou contra determinada cor.
A verdade é que nesta imagem vê-se claramente o árbitro a olhar para a zona do quarto árbitro antes de assinalar o penalty:


Nem quero pensar no que seria se este penalty (mais uma vez repito a minha opinião: bem assinalado) fosse a favor do SLB, nos último minutos, tivessem valido uma vitória e fosse por indicação do 4º árbitro... de certeza que havia malta a suicidar-se...

A questão que aqui deixo é a seguinte: no passado recente o local de trabalho deste Manuel Mota foi vandalizado:


A notícia dá a entender que foram adeptos do esterco verde, mas a mim não me surpreendia que fossem também adoradores de corruptos, até porque não há grandes diferenças entre esses dois tipos de adeptos.
Depois do Mota ter decidido a derrota de ontem do SLB, quantas desta venderá?


O meu palpite: entre salsichas e outros enchidos o Mota vai vender 6 aos portistas e 7 aos sportinguistas. Depois da festa de ontem eles precisam de algo para se sentarem...

domingo, janeiro 25

Uma memória, uma surpresa, uma denúncia

Em memória de quem morreu de manto sagrado vestido


Jamais serás esquecido!


Li este parágrafo:

"Há pessoas que deviam estar proibidas de falar da arbitragem, e Pinto da Costa é uma delas. O presidente do FC Porto é o principal responsável por se falar mais de arbitragem do que de futebol em Portugal. O Apito Dourado não foi nem uma construção jornalística nem um devaneio anti-Porto. Foi uma realidade assente, no mínimo, por um magistério de influência sustentado por uma estratégia muito bem delineada pelo FC Porto “de Pinto da Costa”, que começou em Pedroto, passou pela AF Porto, teve extensões de carácter político e “acabou” no poder de persuasão do presidente portista."

E a surpresa aconteceu quando fiquei a saber quem o escreveu: Rui Santos. Se teve um acesso de lucidez e de honestidade não sei, só sei que fiquei altamente admirado.


O Belém fez, através de comunicado (que pode ser lido na íntegra aqui), uma denúncia de aliciamento aos seus atletas de andebol. Um clube foi referido:

"Não bastando, e em paralelo, verificamos igualmente que um outro atleta do Belenenses, ainda júnior e, curiosamente, o melhor marcador da nossa equipa, apareceu ontem a treinar com a equipa do Sporting, numa situação que se nos afigura ainda mais grave por razões que oportunamente daremos a conhecer aos associados do Clube de Futebol “Os Belenenses”.
Neste caso, não existiu qualquer contacto com os responsáveis do andebol do Belenenses por parte do Sporting Clube de Portugal, sendo o Belenenses confrontado com um comportamento de inaceitável aliciamento que julgávamos estar erradicado do deporto português, mais ainda da parte de quem diariamente apregoa ser o arauto da moralização do desporto português."

Que eles são mesmo "diferentes" acho que ninguém tem dúvidas...

sexta-feira, janeiro 23

Na Madeira vai estar o "árbitro com muito futuro"



E temos todos que concordar que de árbitros percebe o velho corrupto... entre fornecer fruta de dormir a árbitros, lhes pagar viagens e jantares e recebê-los em casa, ninguém melhor que ele para fazer uma previsão destas.
Aliás, basta recuar para a época passada para se perceber como o avô da Fernanda tinha razão no que disse.
Académica - futebol chorões do Porto (2013/2014)



Os jogadores do Marítimo que não entrem já derrotados, pois apesar do Capela ter feito tudo o que estava a seu alcance para ajudar o clube corrupto, mesmo assim a Académica conseguiu ganhar.
E por falar em Marítimo, estou curioso para ver se o Leonel Pontes, assim como fez na jornada anterior, condiciona a arbitragem do jogo de domingo, dizendo que espera que os árbitros estejam atentos aos fora-de-jogo do ataque do fóculporto e às faltas dentro da sua área.
Era uma oportunidade para mostrar que é um homem que faz de tudo para defender o seu grupo de trabalho, seja em que jogo for, e não um merdas que simplesmente fez uma figurinha ridícula por ir defrontar o ENORME.

quinta-feira, janeiro 22

Mas a estratégia não estará muito gasta?

Pelos vistos no futebol corrupto do porto acham que não.
Então é  assim: num jogo da taça da liga (nunca podia ser um jogo do campeonato) arma-se confusão, os jogadores batem nos adversários como se não houvesse amanhã, depois de 2 serem expulsos ficam mais uns quantos por expulsar, e faz-se o triste espectáculo dos tristes, primeiro com um grande aparato para as câmaras verem (podia ser no túnel de acesso aos balneários mas não tinha o mesmo impacto), e de preferência que meta a polícia ao barulho:


Depois, os jornalistas, como boas marionetas que são vão perguntar ao presidente mais beneficiado pelos árbitros em toda a história do futebol o que achou da arbitragem:

"«Quem tiver vergonha que a tenha» – Pinto da Costa"

Por fim basta debitar umas graçolas nas redes sociais bem ao estilo saloio que os caracteriza:

"«Não há machado que derrube esta raça! Somos Porto», lê-se no twitter oficial do clube"

E pronto, assim se tenta afastar as atenções dos benefícios obtidos no campeonato






Mas será que ainda há alguém que vai nisto? Estas manobras estão mais desgastadas do que o vôvô da Fernanda...


PS- Não era a Taça da Liga uma chatice, um peso que os corruptos se congratulavam quando eram corridos, uma prova secundária terciária?

Como as coisas mudam... vejam aqui o que vale um empatezeco nesta prova (é só clicar na frase seguinte):

Dragões recebidos como heróis depois de empate em Braga

terça-feira, janeiro 20

Depois do centro de estágio vem uma piscina olímpica

Fomos ontem alertados por um nosso leitor (que assinou como paasa) sobre a situação seguinte (retirado daqui):

"Num negócio muito pouco transparente, a Câmara do Porto cedeu os direitos de superfície sobre a Piscina de Campanhã, a título gratuito pelo período de 25 anos, ao FC Porto. Essa é condição essencial, a cedência dos direitos de superfície, para que o FC Porto pudesse ter aberto no passado dia 16 de Dezembro um concurso público urgente para a realização de obras de recuperação da infra-estrutura assumindo-se este clube desportivo como dono da obra. É também condição essencial para que o FC Porto possa candidatar-se a fundos do QREN para financiar os custos das citadas obras.Este negócio foi tão pouco transparente que, apesar do FC Porto ter aberto o concurso já há um mês atrás, só há 3 dias é que o executivo municipal reuniu para votar a aprovação da cedência do citado direito de superfície ao FC Porto. Mais grave ainda, um dos vereadores, o da CDU, recusou-se a votar alegando desconhecer o processo e não ter tido tempo para o debater no seu partido. Isto é, no dia da reunião do executivo camarário para decidir sobre o assunto, um dos seus membros estava na mais completa ignorância sobre o processo enquanto o FC Porto, que não tem qualquer assento na Câmara, já sabia de tudo há meses.
Pelo que se sabe, através das notícias vindas a público, uma das condições do negócio é a candidatura e obtenção de financiamento europeu por parte do FC Porto. No concurso público aberto a obra é avaliada em 2,3 milhões de euros. O clube poderá obter um financiamento de 70% do total suportando os restantes 30%. Estes 30% representam 690 mil euros que divididos por 25 anos por sua vez divididos por 12 meses anuais equivalem a uma renda mensal de apenas 2300 euros. Fica mais cara uma lojeca com escassos 60 m2 na Rua Sta. Catarina. Não há dúvida que não é só no futebol que o FC Porto faz bons negócios. São tão bons que nem sequer irá gastar um centavo no projecto para as obras de recuperação: a câmara já o mandou fazer às suas custas.Custou cerca de 75 mil euros."

Depois de usarem um centro de estágio construído com o dinheiro dos contribuintes (e que levaria 2666 a pagar, como se pode ler aqui), agora é a vez de uma piscina olímpica ser usada ao preço da uva mijona.
Certamente que quem elegeu o actual presidente da câmara do Porto não estará surpreendido com isto, afinal estamos a falar de um dragão de ouro


Estamos a falar de alguém que abandonou um programa de tv por (imagine-se!) não querer que se fale nas escutas ao presidente do seu clube



Estamos a falar de alguém que participou (ou foi o principal impulsionador) de uma vigília pela (calma, tentem não se rir) verdade desportiva


Conclusão: há clubes que podem mendigar e abusar de centros de estágio, pavilhões e piscinas municipais que está sempre tudo bem. Mas se um desses clubes fosse o Sport Lisboa e Benfica certamente que haveria quem falasse em concorrência desleal...

segunda-feira, janeiro 19

Contra tudo, contra todos.

Continuamos a resistir a todas as adversidades, aos obstáculos que nos colocam no caminho e aos vergonhosos benefícios que quem vem atrás vai somando.
Esta jornada foi assim:

Conseguimos resistir a um árbitro com um histórico horroroso de prejuízos ao SLB


Conseguimos resistir a uma inacreditável pressão e tentativa de condicionamento de uma arbitragem já de si condicionada por parte do treinador do Marítimo



Conseguimos resistir à lesão de um dos jogadores mais importantes logo aos 15 minutos de jogo


Conseguimos resistir e manter a distância de 6 pontos para o 2º classificado, mesmo quando acontece isto no jogo de Penafiel:


(adoro esta legenda:"Parece ser penalty, mas apenas isso". Nada de especial...)

Como quem arbitrou este jogo até costuma dar camisolas no Dragão, e como o treinador do Penafiel prefere vitórias do clube corrupto do que do que clube que treina, está tudo bem e não se passou nada...


PS.- Propositadamente não incluí neste post a roubalheira de ontem em Alvalade porque os tansos do Rio Ave insistem em colocar no mesmo saco o que se passou ontem e no Dragão com o jogo limpo da Luz: "O futebol tem destas coisas mas estamos desgastados com o que está a acontecer», 
«Foi assim no Dragão, foi assim na Luz, foi assim em Braga, foi assim no último jogo em casa. Estamos cansados.»"


Assim sendo lamento mais um jogo em que os lagartóides foram altamente beneficiados, mas não tenho pena nenhuma deste Rio ave...

sábado, janeiro 17

O jornalismo que se pratica em Portugal

Em Portugal o jornalismo não é sério, não é isento, não é igual para todos.
Claro que isto não é novidade para ninguém.
Mas continua a ser surpreendente como os próprios jornalistas insistem em provar que dão um tratamento diferente aos assuntos mediante quem está envolvido nos mesmos.
Desconhecem o significado da palavra "vergonha", e aqui ficam, mais uma vez, exemplos do jornalismo que se pratica no nosso país.

- ex-jogadores de um certo clube confessaram o uso de doping quando jogaram por esse clube

Um árbitro foi "apanhado" a jantar com dirigentes de determinado clube depois de apitar um jogo desse mesmo clube


Nenhum jornalista sequer mostrou interesse em falar com esses jogadores, com o dito árbitro, ou sequer com alguém do restaurante onde foi o repasto. 
Alguém na Roménia disse que um dia um treinador do SLB falou com um jogador do clube adversário do SLB, e rapidamente os jornalistas conseguiram chegar à fala com dirigentes romenos.

- Dois clubes foram alegadamente prejudicados em jogos internacionais, e as capas de certo jornal foram assim:


                                 

O BENFICA foi vergonhosamente prejudicado numa final europeia, e a capa do mesmo jornal no dia seguinte foi assim:


- Quando há um jogo em que o SLB foi alegadamente beneficiado por um erro do árbitro, as imagens são repetidas até à exaustão, estão sempre disponíveis e são muito fáceis de encontrar.
Quando são outros a ser beneficiados, o destino das imagens que provam esse mesmo benefício é este:


- Quando dois jogadores que jogaram no BENFICA não foram convocados pelo seu actual clube, a capa de certo jornal foi assim:


Ontem ficamos a saber que certo jogador não foi convocado para jogar contra o seu ex-clube




 e ficamos curiosos para ver a capa do mesmo jornal no dia de hoje, para ver se mantinham o mesmo critério editorial, se também usavam uma capa com letras garrafais, se mostravam através dessa mesma capa toda a indignação, como se fosse uma coisa inédita. A capa de hoje foi esta:


Viram? Conseguiram descortinar a referência a esta não-convocatória do jogador que não vai defrontar o seu ex-clube? Eu ajudo, está ali num cantinho bem pequenininho, por baixo da notícia do Danilo. Ocupa muito menos espaço do que mais uma referência ao caso Deyverson-Miguel Rosa. 

Cada vez me convenço mais de que o jornalismo em Portugal é das piores coisinhas que existem neste país. Se fossem honestos andavam com uma camisola destas:


Mas eles sabem lá o que é honestidade...

sexta-feira, janeiro 16

O "colinho" em Braga para facilitar o 3º lugar

Já um leitor nosso tinha aqui chamado a atenção, agora chegou-nos as imagens.
Porque razão o árbitro colocou a barreira tão longe da bola?
Agora ninguém fala em "colinho"?!?
E se fosse a favor do SLB e deste "facilitar" tivesse resultado uma vitória??!!??
Pois...


quinta-feira, janeiro 15

Preparação para o jogo de domingo na Madeira

Com um árbitro como o Xistra, com o histórico que apresenta de cada vez que apita o SLB, é bom que todos estejamos preparados para aquilo que vamos encontrar.

Ficam aqui apenas alguns exemplos do que podemos esperar do jogo desta jornada e de como os jogadores devem entrar em campo mentalizados de que vão jogar contra 12 (ou14):

Se forem abalroados com o cotovelo por algum adversário é bem provável que sejam expulsos




Se houver contacto com algum adversário fora da área, é bem provável que seja assinalado penalty


Se tocarem na bola e desarmarem o adversário é bem provável que seja assinalado penalty


Se com trabalho defensivo conseguirem colocar o adversário em fora-de-jogo, é bem provável que a jogada continue e acabe em golo irregular


O Xistra é isto!
Quase que dá a sensação de que independentemente do que fizermos na Madeira vamos ser flagrantemente prejudicados.
Só nos resta acreditar que é possível, muito difícil mas possível, ganhar mesmo sendo o árbitro alguém que não tem a mínima cara-podre para nos roubar à vista de tudo e todos...

terça-feira, janeiro 13

Rescaldo Gala FIFA Bola de Ouro

Em primeiro lugar muitos parabéns a dois jogadores que vestiram o manto sagrado e que foram escolhidos para o melhor onze da FIFA para o ano de 2014


Confesso que pensava que iam escolher um Otamendi, ou um Hulk, mas enganei-me...

Em segundo lugar chamo a atenção para aquilo que muitos consideram uma injustiça:


Mas como ali são todos craques, talvez a decisão da FIFA se justifique por não quererem deixar ninguém melindrado no balneário.


Em terceiro lugar, chegou-nos a informação que a FIFA esteve quase para estrear um novo prémio - o jogador desaparecido do ano - com estes candidatos:












Como houve um empate técnico adiaram o prémio...

Em resumo, o ENORME SLB continua a ser o único clube português que viu um jogador receber uma bola de ouro ao seu serviço


"why be a king when you could be a God?!?"